Director - João Marques Teixeira

www.saude-mental.net


Acesso Reservado




Números Anteriores


ver lista completa >>

Índice

Pesquisa








Índice de Autores


Índice de Temas


Índice de Secções


Doença de Parkinson - Qualidade de Vida / Parkinson's Disease - Quality of Life

Volume X Nº3 Maio/Junho 2008


  • imprimir (pdf)



  • tamanho da fonte


  • carrinho de compras


  • imprimir revista (pdf)





Volume X Nº3 Maio/Junho 2008

Artigos / Articles



Resumo/Abstract

Objectivo: A Doença de Parkinson (DP) é uma doença degenerativa com impacto na qualidade de vida (QV), estando reportada uma incidência média de depressão de 40%. Os autores pretenderam avaliar o impacto da gravidade da DP, ansiedade e depressão na QV dos doentes.
Métodos: Avaliação transversal de doentes com DP idiopática, excluindo demência ou comorbilidade relevante. Os instrumentos utilizados foram as escalas Hoehn & Yahr (HY), HADS, e o questionário SF-36.
Resultados: A análise incluiu 43 doentes consecutivos. A amostra HY 2 (N=26) evidenciou uma correlação significativa entre as pontuações HADS e SF-36, e entre a ansiedade e a pontuação SF-36 sumária física. A análise de regressão revelou a pontuação HADS como factor preditivo mais importante da QV, seguido do estadio HY, contribuindo em conjunto para 42% da variância da QV. A ansiedade foi um preditor significativo da pontuação sumária física.
Conclusão: A ansiedade foi o factor com maior impacto na QV destes doentes, seguido dos sintomas depressivos. A correlação da ansiedade com a pontuação física da QV sugere impacto subjectivo na robustez física e/ou relação com o processo neuropatológico da DP. A escala HADS pode ser útil na avaliação dos sintomas psicopatológicos e inerentes à insuficiência dopaminérgica.

Palavras-chave: Doença de Parkinson, ansiedade, depressão, qualidade de vida.

Continua



Rosa Quelhas

Interna Complementar de Psiquiatria, 5º ano
Instituição: Hospital de Magalhães Lemos, Porto
Serviço: Serviço Matosinhos

Correspondência relacionada com o artigo:
e-mail: rosaquelhas@gmail.com



Manuela Costa

Assistente Hospitalar Graduada de Neurologia
Instituição: Hospital Pedro Hispano
Serviço: Serviço de Neurologia

Correspondência relacionada com o artigo:
e-mail: manuelapcosta@portugalmail.pt



1. Introdução


A Doença de Parkinson (DP) é uma doença degenerativa progressiva e incapacitante, na qual o tratamento médico pretende minimizar a repercussão funcional na actividade diária[1-6].
Neste contexto, reforça-se a importância da qualidade de vida (QV) como principal outcome dos cuidados de saúde e preditor major de morbi/mortalidade, com ênfase crescente no ponto de vista do doente[1-6] .

13